Início / NOTÍCIAS / Palestra encerra campanha de prevenção ao suicídio

Palestra encerra campanha de prevenção ao suicídio


1 outubro 2018

A campanha Setembro Amarelo no Centro Estadual de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (CREDEQ – Prof. Jamil Issy), foi encerrada com uma palestra proferida pela psicóloga Marina de Moraes e Prado Morabi, que é metre em Psicologia, além de especialista em Psicologia da Saúde e Hospitalar e em Psicologia Clínica. O evento foi organizado pela Supervisão de Psicologia. 

A profissional falou sobre O fazer diário dos profissionais de saúde: entre o prazer e o sofrimento. O objetivo da exposição, de acordo com a organizadora do evento, a supervisora de Psicologia do CREDEQ – Prof. Jamil Issy, psicóloga Kelly Christiane foi discutir como os profissionais da área da saúde podem ser impactados (prazer e sofrimento) pelas demandas do cotidiano.

De acordo com a psicóloga, os profissionais de saúde, que estão em contato direto com o paciente, seus familiares e suas expectativas, sofrem maior impacto dos efeitos advindos desta prática laboral. Deste modo, diante um processo de trabalho permeado de fatores que podem limitar ou bloquear a atuação destes profissionais, pode surgir a inquietação de como este profissional busca valorar e dar significado as suas atividades profissionais em um meio tão adverso. Nessa perspectiva, a profissional alerta para a importância dos cuidadores da saúde das pessoas, também cuidarem da sua própria saúde.

A explanação aconteceu na Sala de Terapia Ocupacional 3, do Ambulatório Infantojuvenil, ao meio-dia. No curso do mês de Setembro, o CREDEQ – Prof. Jamil Issy realizou algumas ações para despertar a atenção de pacientes, funcionários, familiares e fornecedores da unidade para a questão do suicídio e as formas de preveni-lo. Para tanto, distribuiu cartilha preparada pelo Núcleo de Ensino e Pesquisa, que prioriza a prevenção, realizou vivências, palestras e rodas de conversas informais.

Em termos de suicídio, o Brasil é o 8º país com maior número de suicídios. Estudo indicam que em dois anos, o volume de casos aumentará em 50%. Cerca de 800 mil pessoas morrem todos os anos por atentarem contra a própria vida, o que corresponde a uma morte a cada 40 segundos.

A cada morte, pelo menos seis pessoas são impactadas diretamente. Em 2015, o suicídio foi considerado a 2ª maior causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos no mundo, causando maior mortes nas guerras e assassinatos juntos. Somente no Brasil, 32 pessoas comentem suicídio diariamente. Taxa superior às vítimas da AIDS e da maioria dos tipos de câncer. Pelo menos o triplo de pessoas tentou tirar a própria vida e outras chegaram a pensar em suicídio.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

16 maio 2024

Comissão De Ética Médica Do CRESM Toma Posse Na Sede Do CREMEGO

10 maio 2024

Equipe da Instituição de Ensino UniCAMBURY Realizam Atividade Educativa Sobre Nutrição Com os Pacientes do CRESM

7 maio 2024

CRESM Celebra Dia Mundial de Higienização Das Mãos Com Capacitação Para Equipe Técnica e Gincana Educativa

30 abril 2024

CRESM Promove 3º Semana do Planejamento e Qualidade

Prestação de Contas

Acessar

Fale conosco
Ouvidoria

Acessar

Compliance

Acessar

Acesso à Informação Organizações sociais

Acessar
plugins premium WordPress